Quero mais mulheres no cooperativismo, diz Rodrigues

Quero mais mulheres no cooperativismo, diz Rodrigues

EXPOCOOP 2014: Quero mais mulheres no cooperativismo, diz Roberto Rodrigues

O CooperGênero, programa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e que tem por objetivo apoiar e estimular o fomento ao trabalho das mulheres em cooperativismo, foi criado na gestão do então ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues. “Tenho feito uma proposta, insistentemente, de que o cooperativismo vá assumindo, cada vez mais, uma posição de líder mundial de governança. E neste sentido, o papel das mulheres é fundamental, porque são elas que comandam a economia de verdade naquilo que é fundamental, que é a casa da gente”, disse.
Crescimento – Rodrigues lembrou também que a participação das mulheres têm crescido nos últimos anos. Somente no Paraná, por exemplo, as mulheres representaram no ano passado 46% das mais de 150 mil participações registradas nos eventos de formação e capacitação promovidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagemdo Cooperativismlo (Sescoop/PR). “A gestão da mulher tem um diferencial, e tenho uma explicação de caráter biológico para explicar isso. E defendo essa minha ideia há 50 anos, desde que dava aula num colégio de freiras em Piracicaba, no interior de São Paulo. Penso que a mulher tem as mesmas condições que o homem de vencer em qualquer atividade econômica, política ou social. Mas como a mulher tem a responsabilidade pela preservação da espécie, ela é muito mais competente em preservar aquilo que conquistou. Então, quero mais mulheres no cooperativismo para que o movimento tenha a preservação desses ganhos fundamentais”, frisou.

Fonte: Fonte: assessoria Coasul Cooperativa Agroindustrial

  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • CAPTCHA Image
    Refresh Image