A cana está bombando no face da CanaOnline

Mesmo em baixa, em decorrência de sua saúde financeira abalada, o setor sucroenergético não deixa de ser notícia, pelo menos nos canais de informação da CanaOnline. E o que comprovamos é que o público quer saber cada vez mais sobre os temas ligados ao setor, tanto que nesta última semana, segundo relatório do Facebook, a página da CanaOnline conquistou mais de 130 mil visualizações.

E os leitores não apenas visualizam o título e a chamada, como leem a matéria completa, na semana houve mais de 72 mil cliques em matérias. Mais de 11 mil pessoas, na semana, se envolveram com as notícias publicadas no Face da CanaOnline (publicamos cerca de 30 notícias por dia). Houve mais de cinco mil matérias curtidas e mais de dois mil leitores compartilharam as notícias. E o mais bacana é que o Face da CanaOnline virou um fórum de discussão:
“Precisamos mudar os nossos governantes, tanto estadual quanto federal, já que os que estão aí nada fazem pra contribuir com o setor Sucroenergético!!!", escreveu José Luiz, morador de Tupã, SP, e analista de Laboratório na Cleaco Açúcar e Álcool,
Sobre matéria que aborda a crise em Sertãozinho e a necessidade de diversificação por parte das indústrias, Maria Allemana, de Chicago, Estados Unidos, escreveu: "Que pena que não investiram antes na diversidade da indústria local. Acho que então Ribeirão Preto deve ter sido muito afetado pela crise de Sertãozinho..."
Aí, o pessoal da Montagens Industriais Caldex de Sertãozinho, respondeu: "Não havia como investir antes na diversidade pois as indústrias locais além de não conseguirem atender a demanda existente do setor ainda não contavam com os investimentos do Pré-sal. Por diversas vezes tentei com minha empresa conseguir torna-se prestador de serviços para a Petrobrás mas o pessoal alega que a distância afeta no repasse de serviços. E nota-se um certo "protecionismo" às empresas cariocas. Com relação a Ribeirão Preto, uma cidade mais voltada para prestação e serviços e comércio, acredito que tenha sofrido uma grande perda de clientes consumidores sertanezinos sim, devido à queda ou inexistência de salários !!! PS: Sou morador e tenho uma empresa de caldeiraria e montagem quebrada em Sertãozinho !!!"
Estes são apenas dois dos mais de 700 depoimentos da semana. Faça como 8615 pessoas, entre para a comunidade sucroenergética no Face da CanaOnline, curta: https://www.facebook.com/canaonline.com.br