A futura Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, conta com o apoio do setor sucroenergéticovoltar

Publicado em : 08/11/2018
A futura Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, conta com o apoio do setor sucroenergético

Experiência na área do agronegócio, gestão eficiente e liderança parlamentar, são atributos da futura Ministra da Agricultura

Chegou ao fim a disputada definição sobre quem ocuparia o comando do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. O presidente-eleito Jair Bolsonaro escolheu para ocupar a pasta Tereza Cristina, deputada federal pelo DEM-MS e líder da Frente Parlamentar Agropecuária (FPA), que reúne aproximadamente 260 parlamentares.

Com a definição por Tereza Cristina nessa importante pasta, Bolsonaro marcou três gols – colocou uma mulher em seu governo, agradou a FPA e ao partido dos Democratas.

Porém, o maior acerto do Presidente-eleito ao convidar Tereza Cristina deve-se ao fato de ela ser profunda conhecedora do tema. Engenheira Agrônoma formada pela Universidade de Viçosa, MG, pecuarista, produtora rural, atuou como executiva de empresas do setor de alimentos em São Paulo e participou da diretoria da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul ( Famasul), da Associação dos produtores de Sementes de Mato Grosso do Sul (Aprosul), da Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul), e dos sindicatos rurais de Sonora, Terenos e Campo Grande.

Tereza Cristina também é conhecedora e apoiadora do setor sucroenergético, quando ocupou a Secretária de Desenvolvimento Agrário da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo de Mato Grosso do Sul, teve papel fundamental para avanço do setor no estado sul-mato-grossense.

A Associação de Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul (Biosul) comunicou ser uma grande notícia a confirmação de Tereza Cristina, como ministra da Agricultura. “Liderança destacada no agronegócio - que conhece profundamente - sem dúvida vai fazer uma gestão emblemática nessa pasta tão importante para o País. A Biosul parabeniza nossa futura ministra. Ganha nosso setor, nosso Estado, ganha o Brasil”, declarou a entidade.

A nova Ministra recebeu os parabéns e o apoio de várias entidades do setor sucroenergético e do agronegócio como um todo. Tereza Cristina assumirá o Ministério da Agricultura a partir de 1º de janeiro de 2019.

Veja grátis mais informações na CanaOnline, a maior plataforma digital de notíciasdo setor sucroenergético. Entre no site www.canaonline.com.br, siga-nos no Facebook, Instagram, Linkedin, Twitter, GPlus. Baixe grátis o APP da CanaOnline e carregue as edições no celular.


Fonte: CanaOnline
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •