Açúcar: S&P Global Platts estima produção de 457,6 mil t na 1ª quinzena de novembro, queda de 63%
24-11-2021

O Centro-Sul do Brasil produziu 457,6 mil toneladas de açúcar na primeira quinzena de novembro, ou 63,2% a menos do que um ano antes, estima pesquisa com dez analistas da S&P Global Platts. A expectativa média para a moagem de cana-de-açúcar no período é de 9,4 milhões de toneladas, recuo anual de 53,7%.

Por Augusto Decker

A União da Indústria da Cana-de-açúcar (Unica) atualizará nesta quarta-feira (24), a partir das 11 horas, os dados da safra 2021/2022 de cana na região Centro-Sul referente à 1ª quinzena de novembro.

A safra está se encaminhando para o fim e, de acordo com nota da S&P Global Platts, o tempo úmido atrapalhou a moagem, com estimativa de quatro dias perdidos em decorrência das chuvas.

O mix deve ficar em 35% para o açúcar, ante 41,9% um ano antes, de acordo com o levantamento. "Embora os produtores brasileiros estivessem aproveitando o recente prêmio de produção para produzirem etanol, as expectativas de longo prazo são de que as usinas continuem a maximizar sua produção de açúcar, dada a maior lucratividade em relação ao etanol", afirma a companhia.

Mesmo com a quinzena mais alcooleira, a pesquisa projeta que a produção total de etanol de cana deve ter queda anual de 49%, para 599,2 milhões de litros. Já o etanol de milho deve ter ganho de 30,7% no volume, para 149 milhões de litros.

fonte: Broadcast