Açúcar valoriza com a queda do dólar e equilíbrio entre oferta e demanda

Açúcar valoriza com a queda do dólar e equilíbrio entre oferta e demanda

Os contratos futuros do açúcar subiram na bolsa de Nova York, nessa terça-feira (12). Os contratos para maio/19 fecharam em 12.33 centavos de dólar por libra-peso, valorização de 4 pontos. Os lotes com entrega para julho/19 ficaram em 12.54 centavos de dólar por libra-peso, alta de 4 pontos. Os demais contratos subiram entre 1 e 3 pontos.

O único lote a fechar negativo nesta terça-feira foi o vencimento para maio/19, em Londres, que firmou em US$ 340,10 a tonelada queda de 40 cents de dólar. Na tela julho/19 os contratos fecharam em US$ 346,70 a tonelada, valorização de 90 cents de dólar. Os demais lotes fecharam em alta, com valorização entre 50 cents e 1,10 dólar.

De acordo com o jornal Valor Econômico de hoje, os preços do açúcar subiram ontem na bolsa de Nova York com a queda do dólar ante o real e perspectivas de uma relação mais equilibrada entre oferta e demanda. O periódico traz ainda uma análise sobre os preços, que devem se manter na faixa de 12 a 12,50 centavos de dólar a libra-peso enquanto não houver novidades nos fundamentos.

São Paulo

Ontem, o indicador Cepea/Esalq para o açúcar cristal, estado de São Paulo, fechou em R$ 68,36/saca de 50 kg, valorização de 0,53%.

Etanol

De acordo com os índices da Esalq/BM&FBovespa, posto Paulínia, o etanol hidratado fechou em baixa ontem, negociado a R$ 1.916,50 o metro cúbico, queda de 0,39%.
Rafaela Giomo
Fonte: Agência UDOP de Notícias