Compartilhe:

Agroamigo supera marca de R$ 15 bilhões aplicados na Região

Agroamigo supera marca de R$ 15 bilhões aplicados na Região

 O programa de microcrédito rural orientado do Banco do Nordeste, o Agroamigo, acaba de superar a marca de R$ 15 bilhões aplicados com agricultores familiares desde a sua criação, em 2005. Neste período, foram cerca de 4,7 milhões de operações, que beneficiaram mais de 2 milhões de produtores dos noves Estados nordestinos e do norte de Minas Gerais e do Espírito Santo.

 Fonte: Assessoria 

A operação que marcou o alcance dos R$ 15 bilhões em investimentos foi contratada pelo agricultor Gesualdo Joaquim de Sousa, do município de Brejo Santo, no Ceará, para a aquisição de um sistema de irrigação por gotejamento e uma motobomba. Ele produz hortaliças como alface, coentro e cebolinha há 18 anos e desde 2014 recebe crédito e orientação do Agroamigo e sempre manteve as parcelas dos financiamentos com o Banco do Nordeste em dia.

 Em Alagoas já foram registrados R$ 849,2 milhões em investimentos, distribuídos em 273.494 operações de microcrédito. Desde 2005, o programa atendeu 105.173 agricultores familiares alagoanos.

 O Agroamigo apresenta resultados crescentes desde a sua origem. Apenas em 2018, foram contratados mais de R$ 2,5 bilhões, por meio de 505.282 operações. Em Alagoas, foram aplicados R$ 137,2 milhões no ano, distribuídos em 26.796 contratos.

 Para 2019, os desafios são ainda mais robustos. O programa prevê R$ 2,7 bilhões em operações com produtores rurais da Região.

 

 Com foco nos beneficiários do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), o Agroamigo financia, com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), atividades geradoras de renda no campo ou em aglomerado urbano próximo, quer sejam agrícolas, pecuárias ou outras atividades não agropecuárias no meio rural, como turismo, agroindústria, pesca, serviços e artesanato.

 Os principais produtos oferecidos aos clientes são o Agroamigo Crescer, voltado para agricultores familiares com renda bruta anual de até R$ 23 mil, dispondo de crédito de até R$ 5 mil e juros de 0,5% ao ano, e o Agroamigo Mais, que oferece crédito de até R$ 15 mil para produtores com renda bruta anual até R$ 415 mil.

 Jornal de Alagoas