Biosev participa de estudo de caso da IFC que destaca os cuidados com a força de trabalho femininavoltar

Publicado em : 05/04/2018
Biosev participa de estudo de caso da IFC que destaca os cuidados com a força de trabalho feminina
Estudo da IFC tornou públicas as práticas adotadas pela Biosev e reconheceu formalmente a sua atuação no que diz respeito ao cuidado com a sua força de trabalho feminina

Aproximadamente 45% das mulheres na Biosev atuam em cargos administrativos e pouco mais de 19% nas áreas industriais

Em 2016, o InternationalFinance Corporation (IFC) - membro do Grupo Banco Mundial e a maior instituição de desenvolvimento global voltada para o setor privado nos países em desenvolvimento - publicou um estudo sobre a participação das mulheres no agronegócio: The business case for women´semployment in agribusiness.

O relatório foi encomendado pelo Departamento da Indústria, Agronegócios e Serviços da IFC em parceria com a Secretaria de Gênero da IFC, que trabalha com clientes da IFC para reduzir as lacunas em termos de oferta de oportunidades econômicas entre homens e mulheres no setor privado e, ao mesmo tempo, permitir que empresas e economias melhorem seu desempenho.


A Biosev esteve entre as cinco empresas analisadas pela publicação, ao lado de duas da África do Sul (setor de frutas e aves), uma do segmento de peixes (Ilhas Salomão, na Oceania) e uma de sementes (Vietnã). O estudo de caso se concentrou em duas unidades: Leme, no estado de São Paulo; e Rio Brilhante, no Mato Grosso do Sul.

O relatório mostrou que, embora o quadro da companhia seja composto de apenas 7% de mulheres, elas têm o dobro de possibilidades para ocupar cargos de supervisão e o triplo para chegar à gerência. Foi observado, ainda, que cerca de 35% da força de trabalho feminina trabalha na agricultura, com condução de tratores, colheitadeiras e caminhões, além da plantação e do controle de pragas. Aproximadamente 45% das mulheres na Biosev atuam em cargos administrativos e pouco mais de 19% nas áreas industriais.

A política de meritocracia foi apontada como o principal veículo para esse crescimento profissional. Conforme a publicação, o compromisso da empresa ao oferecer igualdade de oportunidades para mulheres e programas de formação profissional para as novas gerações permite a integração contínua da sua força de trabalho.

Para Dorothea Soule, diretora comercial da Biosev, a participação no estudo foi muito importante, pois tornou públicas as práticas adotadas pela companhia e reconheceu formalmente a sua atuação no que diz respeito ao cuidado com a sua força de trabalho. “O reconhecimento de que a Biosev possui um ambiente favorável a participação das mulheres só reforçou os objetivos e estratégias da empresa nos quesitos relacionados ao trabalho feminino. São ações que buscam a integração e valorização das mulheres, prevalecendo os princípios da equidade de gênero.”

Veja matéria completa na editoria Diversidade, edição 52 da revista Digital CanaOnline. No site www.canaonline.com.br você pode visualizar as edições da revista ou baixar grátis o pdf.
Mas se quiser ver a edição com muito mais interatividade ou tê-la à disposição no celular, baixe GRÁTIS o aplicativo CanaOnline para tablets e smartphones - Android ou IOS.


Fonte: CanaOnline
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •