Boas ações fazem parte do dia a dia da Ceagesp, como o Banco de Alimentosvoltar

Publicado em : 12/03/2018
Boas ações fazem parte do dia a dia da Ceagesp, como o Banco de Alimentos
Banco de Alimentos do Ceagesp no ETSP

As estimativas de perdas no Entreposto Terminal São Paulo (ETSP), da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), são da ordem de 100 toneladas/dia de alimentos que ocorrem como consequência do comprometimento da qualidade dos produtos, devido à manipulação inadequada no transporte e comercialização. Isso representa 1% do volume comercializado no entreposto.

Grande parte dos produtos descartados têm condições para o consumo humano, e para aproveitá-los a Coordenadoria de Sustentabilidade (CODSU), criada em 2003 no ETSP desenvolveu o programa Banco de Alimentos do Ceagesp, com o objetivo de coletar, selecionar e distribuir alimentos oferecidos por produtores e permissionários para entidades sociais do Estado de São Paulo.

Pedro de Alcântara Couto Junior, gestor do Programa, conta que nos últimos anos, foram distribuídas em média 166 toneladas de alimentos por mês para mais de 160 instituições cadastradas, além de bancos localizados em outros municípios. Os produtos que são doados pelos permissionários passam por uma triagem, onde, sob supervisão de nutricionistas, são selecionados os que têm condições de consumo.

O Banco Ceagesp de Alimentos produz informativos mensais sobre nutrição e segurança alimentar e nutricional, bem como receitas que incentivam o aproveitamento integral dos alimentos, principalmente das partes não convencionais, como cascas, sementes e talos.Promove constantemente campanhas de incentivo ao consumo de frutas, legumes e verduras. É responsável por ações educativas à comunidade e estabelece parcerias de estágio com universidades para a realização de suas atividades. E produz alimentos desidratados, a partir das doações in natura recebidas.“Também realizamos campanhas para estimular o aumento de doação de produtos por parte dos permissionários, ainda muitos podem participar”, observa Pedro.

Por meio de um convênio firmado com o Sindicato dos Carregadores Autônomos (Sindicar), 505 carregadores cadastrados, voluntariamente, retiram as doações dos permissionários e as levam ao Banco Ceagesp de Alimentos. Mensalmente, o serviço distribui cestas básicas aos carregadores que mais contribuem.Atualmente, o projeto está presente em 11 entrepostos do interior: Araçatuba, Araraquara, Bauru, Franca, Marília, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

Os descartes do Banco Ceagesp de Alimentos impróprios para o consumo são transformados em adubo orgânico por meio de compostagem. A Ceagesp promove ainda a reciclagem de palha, madeira, ferro e papelão.


  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •