Cafeicultura Sustentável: Ações Mundiais para a Celebração do Dia Internacional do Cafévoltar

Publicado em : 23/10/2018
Cafeicultura Sustentável: Ações Mundiais para a Celebração do Dia Internacional do Café

*por Marcos Matos

Contando com aproximadamente 308 mil cafeicultores e com um setor exportador competente e eficiente, responsável pela logística de cerca de 65% da safra nacional, o café contribui para a geração de milhões de empregos na cadeia produtiva e também movimentando importantes divisas nas exportações brasileiras.

Com quase 300 anos de história, o café brasileiro se consolida como líder absoluto no mundo, sendo maior produtor, exportador e segundo maior consumidor do planeta. De acordo com a CONAB, em 2018, o Brasil produzirá 60 milhões de sacas de 60 kg. A exportação do produto é projetada entre 33 e 34 milhões de sacas, e o consumo interno em 22 milhões de sacas.

O café, diante do reconhecimento global, possui o seu dia internacional, que foi celebrado em 1º de outubro, e o país, por meio do Ministério das Relações Exteriores (MRE), em parceria com as entidades representativas do setor privado e a Apex-Brasil, realizou uma série de ações para comemorar a data.

Pela primeira vez na história do MRE, foi disponibilizada a Sala Brasília do Palácio do Itamaraty para a realização da celebração de uma cadeia produtiva brasileira. Foram recepcionadas cerca de 200 pessoas, entre lideranças da cadeia produtiva, embaixadores das principais nações compradoras e parceiros do país na cafeicultura para realizar a celebração dessa importante data.

Na ocasião, a ABIC fez a entrega dos Certificados às empresas e marcas que mais se destacaram durante o ano na avaliação do Programa da Qualidade do Café – PQC – 2018. Essa premiação destaca a excelência dos Cafés do Brasil e é o reconhecimento às empresas que tiveram notas constantes durante o ano dentro de sua categoria.

No exterior, o serviço diplomático do Brasil também realizou atividades para celebrar o Dia Internacional do Café e promover o produto do país. A data foi comemorada nas seguintes Embaixadas: Abu Dhabi, Paris, Londres, Berlim, Moscou, Seul e Tóquio; além dos Consulados em Miami, Nova York, Los Angeles, Xangai e Sydney. Foram reunidos importantes players da cadeia produtiva, sendo oferecidos para degustação cafés nacionais de diversas origens produtoras, além de transmitidas informações sobre a sustentabilidade da cafeicultura brasileira.

A celebração, realizada pela comunidade cafeeira, englobando compradores dos cafés brasileiros, integra a agenda anual de ações do Brasil em comemoração ao Dia Internacional do Café, atendendo a uma solicitação da Organização Internacional do Café (OIC) para que as celebrações ocorram nas nações cafeeiras de todo o mundo.

 

Marcos Matos é Diretor Geral do CECAFÉ (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil).

 

Sobre o Cecafé

Fundado em 1999, o Cecafé – Conselho dos Exportadores de Café do Brasil – representa e promove ativamente o desenvolvimento do setor exportador de café no âmbito nacional e internacional. A entidade oferece suporte às operações do segmento por meio do intercâmbio de inteligência de dados, ações estratégicas e jurídicas, além de projetos de cidadania e responsabilidade social. Atualmente, possui 131 associados, entre exportadores de café, produtores, associações e cooperativas no Brasil, correspondendo a 96% dos agentes desse mercado no país.

 


Fonte: CDN Comunicação
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •