CEISE Br empossa diretoria para o biênio 2019-20voltar

Publicado em : 18/12/2018
CEISE Br empossa diretoria para o biênio 2019-20

Mandato de Luis Carlos Jorge, diretor comercial da Equilíbrio Balanceamentos Industriais, começa em 1º de janeiro; nova diretoria contará com mais 18 diretores

Na noite de quinta-feira, 13, o CEISE Br reuniu associados, parceiros e lideranças políticas e setoriais para a cerimônia solene de Posse da Diretoria Executiva, Conselho Fiscal e respectivos Suplentes – biênio 2019-2020, no Auditório do Centro Empresarial Zanini, em Sertãozinho-SP.

Em seu discurso, o presidente eleito e empossado, Luis Carlos Jorge (diretor comercial da Equilíbrio Balanceamentos Industriais), disse que o plano de gestão de sua diretoria terá o perfil de uma administração integrada, democrática, transparente e proativa.

“Entre as metas da nova diretoria, destaco a aproximação e a participação mais efetiva do associado, estimulando a troca de ideias, levantamento de demandas, e engajamento visando soluções pontuais e de longo prazo”, acrescentou.

Para o presidente atual, Aparecido Luiz (2017-18), sua gestão cumpriu a missão de fomentar negócios e proporcionar formação, através de ações visando à melhoria contínua do ambiente empresarial e mercadológico, buscando o desenvolvimento de toda a cadeia produtiva do setor sucroenergético.

“Quando assumi, tive plena consciência de que meu mandato como presidente passaria, mas o CEISE Br e suas ações vão continuar. Então, meu propósito foi consolidar as iniciativas da entidade, sempre visando seu futuro promissor”, discursou.

Eleição

A chapa ‘Rumo à Vitória”, única inscrita no processo de eleição, foi aclamada em assembleia na sede da entidade, no dia 23 de novembro último. O mandato do presidente e 18 diretores eleitos terá início em 1º de janeiro de 2019.

‘Memórias de Sertãozinho’

Na mesma cerimônia, também foi lançado o livro “Memórias de Sertãozinho”, editado pelo Laboratório de Letras Editora Cultural / Instituto Independente do Livro, e cuja produção teve apoio da entidade e de empresas associadas. São mais de 150 páginas que relatam a contextualização histórica da cidade, com destaque para o ciclo do café, o papel dos imigrantes, e o desenvolvimento da cana-de-açúcar e do álcool e sua importância para a economia brasileira. A obra também traz a biografia daqueles que fizeram e ainda fazem parte da história de Sertãozinho.

APL

Ainda durante o evento, foi assinado o decreto de criação e implantação do Arranjo Produtivo Local (APL) Metalmecânico, uma parceria entre CEISE Br, CIESP Sertãozinho, IFSP, FATEC e Prefeitura Municipal de Sertãozinho.

Composição da nova Diretoria:

 Diretoria Executiva

Presidente: Luis Carlos Jorge

1º Vice-presidente: Rafael Azevedo Gomides

2º Vice-presidente: Erlon Michel Zanarotti

1º Diretor secretário: Milton da Silva Pereira Junior

2º Diretor secretário: Marcio Fernando Meloni

1ª Diretora financeira: Rosana Amadeu da Silva Zumstein

2º Diretor financeiro: Sebastião Henrique Rodrigues Gomes

 

Conselho Fiscal

Conselheiro efetivo: Frederico Biagi Becker

Conselheiro efetivo: Alexandre Henrique Alves

Conselheiro efetivo: Márcio Machado

Conselheiro suplente: Guilherme Martins Neto

Conselheiro suplente: Rafael Duarte Bononi

Conselheira suplente: Thaísa Cristina Almeida de Gusmão

 

Conselho Diretor

Antonio Eduardo Tonielo Filho

Luiz Fernando Saran

Marco Antonio Marques Mingossi

Silvio Silas Geraldine

José Rubens Fernandes Lopes

Francilene Marvila Maciel Bugnola

 

---

Mini currículo:

Luis Carlos Jorge é engenheiro mecânico formado pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) “Júlio de Mesquita Filho” – Faculdade de Engenharia / campus Ilha Solteira. Possui especialização em Técnica em Ventilação Industrial (FUPAI) e em Tecnologia e Métodos em Ventilação Industrial (Institution of Mechanical Engineers – Senlis/France).

É diretor comercial na Equilíbrio Balanceamentos Industriais LTDA, desde 2006, e na Bra-In Screen Solutions Indústria e Comércio de Telas LTDA, desde 2015. Também exerce o cargo de 1º vice-diretor do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP) – Regional Sertãozinho, e, desde 2004, é membro do Conselho do Arranjo Produtivo Local do Álcool (APLA) – Parque Tecnológico Piracicaba de Bioenergia.

No CEISE Br, Luis Carlos Jorge foi conselheiro fiscal suplente (triênio 2013-15), e primeiro diretor secretário (triênio 2016-18).

  

Fotos: Maílson Pignata

 


Fonte: Assessoria
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •