Com produções recordes e exportações em alta, os EUA estão internacionalizando o etanolvoltar

Publicado em : 26/08/2016
Com produções recordes e exportações em alta, os EUA estão internacionalizando o etanol
O milho é a matéria-prima para produção de etanol nos EUA

Na década passada, quando os produtores de cana-de-açúcar sonhavam com a globalização do mercado de etanol, o Brasil era apontado como o grande protagonista desse processo. 

Hoje, apesar dos baixos preços do petróleo, a demanda mundial por etanol cresce. Também avança a produção global do biocombustível: em 2013 os produtores mundiais de etanol fabricaram 91,8 bilhões de litros, volume que saltou para 101,9 bilhões de litros em 2015, de acordo com dados da Datagro Consultoria.
E é os Estados Unidos o grande vetor do crescimento da produção mundial do produto. Em 2015 bateram recorde, com 56,1 bilhões de litros produzidos, e em 2016 deverão superar esse patamar, atingindo 59 bilhões de litros.
Além disso, são os EUA os maiores exportadores de etanol do mundo. Boa parte do biocombustível consumido na China hoje vem do país norte-americano, absorvendo praticamente 30% de suas exportações de etanol. O governo chinês não está disposto a ampliar a área com cana-de-açúcar, mas é um grande mercado consumidor de etanol e que cresce anualmente.
Segundo Plínio Nastari, presidente da Datagro Consultoria, são os Estados Unidos que estão internacionalizando o etanol. E ganhando dinheiro com este negócio, principalmente com a queda dos preços do milho. “O país está promovendo este mercado mundial.”
E outros players começam a se destacar neste cenário, como a Argentina que voltou a apostar no etanol. Os hermanos aumentaram a mistura do biocombustível na gasolina para 12% em 2016 e já miram chegar a 26%. O Paraguai também adotou uma política expressiva de mistura, de 23%.
Enquanto no Brasil continuam as incertezas quanto à política de preços da gasolina. “Ainda não resolvemos a régua da precificação.” Apesar disso, com ou sem o protagonismo brasileiro, o mercado mundial de etanol mostra um grande potencial.

Veja mais notícias na Revista CanaOnline, visualize no site ou baixe grátis o aplicativo para tablets e smartphones – www.canaonline.com.br.

 


Fonte: CanaOnline
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •