Companhia de Bioenergia de Angola fecha campanha de 2018 com produção de 73 mil toneladas de açúcar 16 November 2018voltar

Publicado em : 31/12/2018
Companhia de Bioenergia de Angola fecha campanha de 2018 com produção de 73 mil toneladas de açúcar 16 November 2018

A Companhia de Bioenergia de Angola (Biocom) encerrou a campanha de 2018 com uma produção de 73 mil toneladas de açúcar, um acréscimo de 21% em termos homólogos, informou o director comercial.

Presente na Expo-Indústria e Projekcta/2018, que decorrem na Zona Económica Especial Luanda/Bengo, a Biocom espera facturar até final do ano o equivalente em kwanzas a 200 milhões de dólares, disse ainda Fernando Koch.

Com quatro linhas de enchimento, sendo duas para sacos de 50 quilogramas, instaladas na principal fábrica em Capanda e outras duas para sacos de um quilograma e cinco gramas em Luanda, a Biocom cobre de momento 25% das 300 mil toneladas consumidas em Angola.

A Biocom, que dispõe de 25 mil hectares plantados com cana-de-açúcar, produziu ainda 17 milhões de litros de etanol.

A produção para 2019 está estimada em mais de 120 toneladas de açúcar e 25 mil metros cúbicos de etanol, disse ainda o director comercial da Biocom.

Instalada no município de Cacuso, a 75 quilómetros da cidade de Malanje, a Biocom é um dos maiores projectos agro-industriais angolanos, liderada pelo grupo brasileiro Odebrecht, que detém 40% do capital da sociedade, sendo os restantes 60% partilhados entre o grupo angolano de capitais privados Cochan, com 40% e a estatal Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) com 20%. (Macauhub)


Fonte: MacauHub
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •