Diana Bioenergia disponibiliza Relatório da Administração Safra 2018/2019voltar

Publicado em : 04/12/2018
Diana Bioenergia disponibiliza Relatório da Administração Safra 2018/2019

"Trouxemos o trem de volta aos trilhos", comemora Ricardo Junqueira, CEO da Diana

Na última quarta-feira (28) a Usina Diana Bioenergia localizada em Avanhandava-SP, apresentou seu Relatório SEMESTRAL da Administração sobre o andamento da Safra 2018/19, com as Demonstrações Financeiras relativas a seis (06) meses encerrada em 30 de setembro de 2018.

De acordo com a publicação, a usina moeu 970 mil toneladasde cana-de-açúcar, reduzindo 11% comparado aos mesmos períodos da safra 18/19 e 17/18, poisoptaram por moer em alguns meses (de abril ajunho) somente com uma linha de moenda,objetivando a produção de etanol, sendo que
produziram 43.007 ton. de açúcar VHP, 50.817m³ de etanol hidratado e 619 m³ de etanol anidro,chegando ao mix de 62,52% para etanol e37,48% para açúcar.

 O ATR da cana atingiu 131,9 kg/t noperíodo, 12% superior à safra anterior,basicamente em função da realização de projetosde melhoria na qualidade da matéria-prima e doclima mais seco, que proporcionou maiorconcentração de açúcares totais na cana.

No período o grupo aumentou seu Ativo Circulante em 20%, decorrente da venda e integralização no capital social da Diana Bioenergia da Fazenda Cruzeiro, pertencente a Renata Sodré V. E. Junqueira, principal acionista do grupo, no qual não fazia parte do seu raio de atuação, bem como optou pelo “carrego” de estoque de etanol, visando um melhor aproveitamento de preços. “Readequamos nosso endividamento, segregando de melhor forma o curto e longo prazo, o que reduziu em 16% o Passivo Circulante. Como citado acima, a Renata Sodré V. E. Junqueira realizou um aumento de capital na Diana, no valor de R$ 45.300 milhões, explica um trecho do relatório.

No período o grupo manteve seus investimentos, porém reduziu 16% em relação ao ano anterior. Boa parte da redução foi em função da
política de economia de custos adotadas ao final dasafra 17/18 e no decorrer da safra 18/19.

De acordo com CEO da Diana, Ricardo Junqueira, pelos números apurados e auditados, a Diana Bioenergia retorna à normalidade. "Trouxemos o trem de volta aos trilhos", comemora.

 


Fonte: Assessoria de imprensa da Diana Bioenergia
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •