Família Rodrigues cria condomínio agrícola e divide despesas e lucros entre sivoltar

Publicado em : 13/06/2018
Família Rodrigues cria condomínio agrícola e divide despesas e lucros entre si
Paulo Rodrigues: modo de trabalho é o mais eficiente

Este modelo de trabalho reduz custos administrativos e de operação

Em propriedades familiares, o condomínio é o instituto mais utilizado. É o caso da família Rodrigues, proprietária de 14.305 hectares (88,9% parcerias e 11,1% próprias) nas cidades de Jaboticabal, interior paulista, Monte Alegre de Minas, MG, Delfinópolis e Frutal, as três em Minas Gerais. O condomínio Santa Izabel é tocado por quatro irmãos, pessoas físicas que se organizam para operar os ativos de forma conjunta. As máquinas são utilizadas em comum, assim como as compras de insumos e venda da produção.

Um dos sócios do condomínio, Paulo Rodrigues explica que esse modo de trabalho é, sem dúvida, o mais eficiente, já que todos trabalham em conjunto e, posteriormente, as despesas e receitas são divididas igualmente. “É mais fácil operar dessa forma. Se operássemos diferentes, haveria redução da escala. Em vez de um trator, teríamos que contar com quatro. Agora, trabalhamos com economia de escala significativa e redução de custos administrativos e de operação.”

Veja matéria completa na editoria Gestão de Negócios na edição 54 da revista Digital CanaOnline. No site www.canaonline.com.br você pode visualizar as edições da revista ou baixar grátis o pdf.
Mas se quiser ver a edição com muito mais interatividade ou tê-la à disposição no celular, baixe GRÁTIS o aplicativo CanaOnline para tablets e smartphones - Android ou IOS.


Fonte: CanaOnline
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •