NOVIDADE: Congresso UDOP terá duas salas agronômicas: "Sistemas de Manejo Agronômico" e "Sistemas de Produção Agronômica"
03-07-2019

Uma das pautas mais procuradas pelo público do Congresso Nacional da Bioenergia, a Agronômica, terá novidade nessa 12ª edição do evento. Ela foi ampliada em duas salas: "Sistemas de Manejo Agronômico" e "Sistemas de Produção Agronômica". Neste ano o evento será realizado em 31 de julho e 1º de agosto, no campus da UNIP em Araçatuba/SP. O Congresso é considerado pelo setor um dos maiores e mais tradicionais do Brasil, reunindo, anualmente, mais de 1,6 mil pessoas.

"Nossa grande meta, enquanto setor, é trabalharmos pelo aumento de produtividade e competitividade, em todas as áreas. Como sabemos que tudo começa no campo, em nossos canaviais, decidimos ampliar os temas a serem abordados na sala Agronômica e a dividimos em duas importantes áreas: Manejo e Sistemas de Produção, assim, as usinas terão a possibilidade de enviar suas diferentes equipes para a discussão destas duas importantes e vitais áreas agrícolas de suas unidades, além da participação do público formado por fornecedores de cana e demais interessados", destaca o presidente executivo da UDOP, Antonio Cesar Salibe.

Na sala de Manejo Agronômico os temas serão: "Nutrição para a fase de maturação da cana-de-açúcar - Resultados e benefícios"; "Microbiologia do Solo: Saúde do solo e sustentabilidade de sistemas agrícolas"; "Microbiologia do Solo: Resultados experimentais", "Case: Atena - Inovações no manejo do solo, buscando aumento de produtividade e longevidade do canavial"; "Como conseguir altas produtividades na cana planta com o uso de calcário calcinado no sulco"; " Vinhaça: Concentração X In-natura com aplicação localizada - Custo X Benefício", e "Manejo na colheita e tratos para evitar a compactação".

Os temas voltados para Produção Agronômica serão: "Manejo integrado de variedades combatendo as fake news técnicas do setor"; "Case: São Martinho - Manejo integrado de variedades"; "Case: Cerradinho - Manejo Integrado de Variedades"; "Inovações no plantio de cana: Syngenta Emerald"; "Santa Isabel - Manejo Integrado de Variedades"; "Adecoagro - Manejo Integrado de Variedades"; "Sistema Meiosi com MPB - Vantagens e desvantagens"; "Pragas - Estratégia e controle de sphenophorus"; "Estratégia de controle e manejo de colletotrichum - Agente ativo ou passivo""; "Utilização de nematicida com aumento de produtividade"; "Programa Gennesis: Máxima produtividade de forma sustentável"; "Nardini - Controle de nematoide e manejo de produtividade"; "Utilização de fungicida com aumento de produtividade"; "Cofco International - Utilização de fungicida" e "Case: Alcoeste - Utilização de Fungicida".

O 12º Congresso Nacional da Bioenergia contará nesta edição com 12 salas temáticas. Conheça o prelúdio da programação do evento clicando aqui.


Apoio Oficial

UNIP e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento


Apoio Cultural

Até o momento, o Congresso Nacional da Bioenergia conta com os seguintes apoios:

Apoio Master: Syngenta

Apoio Ouro: Arysta ; FMC; Helamin; Randon Megatec; Suez; Ubyfol e UPLl.

Apoio Prata: Ambium; SuperBac ; TMA; Tracan e Volvo.

Apoio Bronze: Camda; Compusoftware; Hexagon Agriculture; Siccob Paulista; Telog e TransEspecialista.

Rafaela Giomo
Fonte: Agência UDOP de Notícias