O agronegócio “salva a pátria” este anovoltar

Publicado em : 14/10/2014
O agronegócio “salva a pátria” este ano
Cerca de 20% dos empregos gerados no primeiro semestre tiveram origem no agronegócio

Por José Rezende e Lara Moraes

A economia brasileira passa por um momento delicado segundo a avaliação de diversos analistas do mercado. A imprevisibilidade em relação à futura política econômica, própria do período eleitoral, e uma economia com números nada animadores contribuem para criar expectativas pouco otimistas sobre investimentos e consumo. O Produto Interno Bruto (PIB) e a inflação são índices que chamam a atenção dos analistas. O Banco Central já indicou que haverá baixo crescimento econômico em 2014, em torno de 0,79%, e a inflação deve encerrar o ano em 6,25%.

Respondendo por 22% do PIB brasileiro e 43% do superávit da balança comercial, o agronegócio desempenha nesse contexto um papel fundamental e chega a ser apontado por especialistas como o “salvador da pátria”.

No acumulado de janeiro a maio deste ano, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) registrou um crescimento de 1,79% do PIB do agronegócio, que inclui atividades antes da porteira (insumos agrícolas), dentro da porteira (agricultura e pecuária) e depois da porteira (agroindústria). Se for considerado somente o setor primário, dentro da porteira, o crescimento no período foi de 3,49%. O desempenho do agronegócio ganha ainda mais destaque quando comparado ao do PIB brasileiro, que nos cinco primeiros meses do ano cresceu apenas 0,58%, segundo estimativas do Banco Central.

Quando se trata de emprego e criação de novos postos formais de trabalho, o agronegócio se mostra ainda mais relevante. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), esse foi o setor da economia brasileira que mais empregou com carteira assinada no primeiro semestre do ano. Cerca de 20% dos empregos gerados tiveram origem no agronegócio. Isso significa que, a cada cinco postos de trabalho formais criados, um estava relacionado à atividade agrícola e pecuária.

Veja matéria na íntegra na editorial Tendências na edição 14 da CanaOnline. Visualize no site ou baixe o aplicativo grátis para tablets e smartphones – www.canaonline.com.br

 


Fonte: CanaOnline
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •