ORPLANA lança muda cana para os produtores do oeste paulistavoltar

Publicado em : 06/11/2018
ORPLANA lança muda cana para os produtores do oeste paulista
Durante o lançamento do MUDA Cana, produtores aprenderam a utilizar o “Farming Solution”, aplicativo que irá nortear os trabalhos de melhoria contínua em suas propriedades

AFCOP foi a segunda associação a receber oficialmente o projeto. Expectativa é que, até o final de 2018, sete das 32 associações ligadas à Orplana já estejam com o MUDA Cana em funcionamento em suas regiões

Na última terça-feira (30), a Organização de Plantadores de Cana da Região Centro-Sul do Brasil (Orplana) lançou oficialmente o Projeto MUDA Cana na Associação dos Fornecedores de Cana da Região Oeste Paulista (AFCOP), localizada em Valparaíso/SP. O programa visa a capacitação contínua de agricultores e associações ligadas à entidade.

A base para o funcionamento do MUDA Cana será o aplicativo “Farming Solution”, disponibilizado pela Solidaridad Network - parceira da Orplana na empreitada. O software permite aos produtores rurais encontrar as informações necessárias para a melhoria de suas práticas, sejam elas de gestão, sustentabilidade, riscos ou produtividade.

O gestor executivo da Orplana, Celso Albano de Carvalho, explica que o “Farming Solution” promoverá autonomia aos agricultores para identificar, planejar melhorias e monitorar o progresso em suas fazendas ao longo do tempo. “Com a liberação desse aplicativo, o MUDA Cana entra em sua plenitude. Através dele, o agricultor irá saber qual seu nível de maturidade de gestão. Com essas informações em mãos, os técnicos das associações iniciarão com ele o processo de melhoria contínua em sua propriedade.”

O presidente da AFCOP, Apolinário Pereira Júnior, afirma que a baixa remuneração da matéria-prima e os altos custos de produção têm levado os produtores do oeste paulista a preferirem arrendar suas terras para as usinas ao em vez de produzirem a cana. “O MUDA Cana veio na hora certa.”

Segundo ele, Pereira Júnior, o foco da associação junto ao programa será incentivar a adoção da Meiosi (Método Inter Rotacional Ocorrendo Simultaneamente) aliada ao uso de Mudas Pré-Brotadas (MPBs), buscando redução de custos e aumento da produtividade agrícola. Em seguida, serão trabalhadas questões de sustentabilidade e gestão. “Uma vez em que o produtor conseguir sentir no bolso os benefícios do programa, ele será incentivado a permanecer no negócio, inclusive, estimulando o retorno daqueles que já deixaram a atividade.”

A AFCOP foi a segunda associação ligada à Orplana a receber o MUDA Cana. Na semana passada, a Associação dos Fornecedores de Cana da Região de Bariri (Assobari) sediou o lançamento do programa para os produtores de sua região. Na próxima terça-feira (06), será a vez da Associação dos Fornecedores de Cana de Guariba (Socicana). Até o final de 2018, mais quatro associações farão parte do escopo principal do projeto.

Para 2019, a expectativa da Orplana é colocar em prática mais uma fase do MUDA Cana: a “faculdade do produtor rural”. A plataforma de Ensino à Distância (EAD) reunirá profissionais renomados que abordarão temas como: técnicas agrícolas, riscos na área comercial, precificação e a metodologia do Consecana. O programa deve, ainda, fornecer informações para o produtor realizar compras de maneira adequada, gerir suprimentos, melhorar os indicadores de produtividade e conhecer as legislações trabalhista, ambiental e tributária.


Fonte: CanaOnline
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •