Produção de açúcar em AL tem crescimento de 1,4% na safra 21/22
14-01-2022

Produção de açúcar no Estado cresce 1,4% na safra 21/22 - Foto: Reprodução
Produção de açúcar no Estado cresce 1,4% na safra 21/22 - Foto: Reprodução

Produto é fabricado por 14 das 15 unidades industriais em operação neste ciclo da cana no Estado

Por Editoria do Gazeta Rural 

O boletim quinzenal nº 07 produzido pelo Departamento Técnico do Sindaçúcar-AL e com dados da safra 21/22, acumulados até o dia 15 de dezembro, aponta que foram produzidas 777.844 toneladas de açúcar pelas usinas alagoanas. Em comparação ao mesmo período da safra passada, quando o acumulado era de 766.541 toneladas, houve uma variação positiva de 1,4%.

Do total de açúcar produzido, 609.152 toneladas foram do tipo VHP. Destinado à exportação para os mercados mundial e americano, o açúcar é fabricado por 14 das 15 unidades industriais que estão em operação em Alagoas neste ciclo da cana.

Quanto ao açúcar cristal, foram processadas 144.747 toneladas. Consumido pelo mercado interno, o produto foi fabricado por apenas nove das 15 usinas em atividade. Já o refinado, fabricado apenas pela usina Marituba, soma uma produção acumulada de 23.945 toneladas.

Além do açúcar, outro derivado da cana-de-açúcar, o mel rico apresenta uma produção de 4.063 toneladas, tendo sido produzido apenas por uma unidade industrial, a usina Impacto.

A safra 21/22 teve início na segunda quinzena de agosto, com a usina Pindorama sendo a primeira unidade a colocar a caldeira em funcionamento em Alagoas. O ciclo conta com 15 usinas em operação e com a estimativa de chegar a uma moagem de 19 milhões de toneladas de cana.