Produtores adotam a aplicação de inseticidas cortando a soqueira e praticamente acabam com Sphenophorus levis

Produtores adotam a aplicação de inseticidas cortando a soqueira e praticamente acabam com Sphenophorus levis

Adoção da prática reduz infestação de Sphenophoruslevis de 80% para 1,5% em apenas um ano

Dono de uma área de 270 hectares de cana-de-açúcar no município paulista de Nova Europa, o produtor Flaubert Ferri, fornecedor da Usina Santa Fé, relata que a aplicação de inseticida cortando a soqueira já o ajudou a salvar muita cana. A região em que sua fazenda está localizada é propensa ao ataque de Sphenophorus, que chegou com força total há quatro anos. “Tive até que renovar um talhão no terceiro corte, sendo que a idade média dos meus canaviais é de sete anos, mesmo nas áreas onde a colheita é feita de forma mecanizada.”

Para não perder sua valiosa produtividade, que ultrapassa os três dígitos, Flaubert teve que correr para solucionar o problema. “Em 2015, estava com 80% de infestação. Adquiri o aplicador de inseticidas em soqueira da DMB, que praticamente dizimou a praga.” Segundo ele, já no ano seguinte, tinha apenas 1,5% de infestação. “Nem precisei entrar com medidas de controle em 2016, tamanha foi a eficiência da operação de 2015.”

Aplicar inseticida na modalidade de corte de soqueira também é uma operação que faz sucesso na propriedade de 450 hectares do produtor do município paulista de Bebedouro, João Rossetti. O Sphenophorus é um problema de tamanha magnitude naquela região, que o agricultor já teve de reformar canavial de terceiro corte em função das baixas produtividades, que caíram para menos de 70 toneladas por hectare. “Optei por adquirir um aplicador de inseticida em soqueira. Fui muito feliz na compra, já que o implemento, aliado a um bom inseticida, controlou a praga com uma precisão fantástica. Hoje, o Sphenophorus já não tem me dado mais dores de cabeça.”

Veja grátis mais informações na CanaOnline, a maior plataforma digital de notíciasdo setor sucroenergético. Entre no site www.canaonline.com.br, siga-nos no Facebook, Instagram, Linkedin, Twitter, GPlus. Baixe grátis o APP da CanaOnline e carregue as edições no celular.

Fonte: CanaOnline