Projeto Plantio Sem Falhas é fundamental para o aumento da produtividade na Biosevvoltar

Publicado em : 13/06/2017
Projeto Plantio Sem Falhas é fundamental para o aumento da produtividade na Biosev

A Biosev segue uma tendência em alta no setor: plantio mecânico automatizado de cana

A Biosev, segunda maior processadora de cana-de-açúcar do mundo, encerrou a safra 2016/2017 com moagem de 31,5 milhões de toneladas, um aumento de 1,9% ante a safra anterior, resultado que é também superior às últimas seis safras. A companhia atingiu 86,6% da utilização de sua capacidade instalada na safra 2016/17, um aumento de 1,5 ponto percentual em relação à safra anterior e recorde para a companhia.

No acumulado dos 12 meses da safra, o maior volume de moagem é resultado principalmente do crescimento da produtividade dos canaviais medida pelo TCH (tonelada de cana por hectare), que atingiu 77,9 ton/ha no período, um aumento de 2%. O teor de ATR (Açúcar Total Recuperável) da cana consolidado foi de 129 kg/ton, com destaque para o ATR do Polo Lagoa da Prata, que atingiu 140,1 kg/ton, um aumento de 6% sobre a safra 2015/2016.

“Do ponto de vista operacional, consolidamos o processo de melhorias de gestão na área agrícola e mantivemos o nível de investimentos na renovação do canavial e melhoria dos tratos culturais, resultando em mais um ano de crescimento de produtividade (TCH). Esse fato, combinado com a melhoria da qualidade da cana (ATR), gerou uma produção de açúcar por hectare (TAH), que coloca a Companhia como uma das referências para o setor sucroalcooleiro”, afirma Rui Chammas, presidente da Biosev.

A Biosev conta com 11 unidades produtoras divididas em cinco estados e uma área com cana de 340 mil hectares, neste ano, renovou 15,5% da área, o que corresponde a 52,7 mil hectares. O plantio da cana foi realizado 100% com máquinas.

O objetivo da empresa é que o canavial seja mais produtivo e lucrativo a cada safra, para isso, elegeu algumas prioridades, entre elas está o plantio sem falhas. Ricardo Lopes, diretor agrícola da empresa, explica que, na Biosev, o plantio é realizado com máquinas não automatizadas e para conhecer os diferenciais da plantadora automatizada, resolve-se fazer testes com essa tecnologia. O campo de testes da empresa é o polo Ribeirão Preto, que conta com quatro unidades produtoras, 110 mil hectares com cana e que na safra 2016/17 produziu 16,7 milhões de toneladas, com TCH de 83.8.

O plantio com a plantadora de cana picada automatizada agradou tanto, que a Biosev resolveu adotar a tecnologia para todas as suas unidades. “Com a plantadora não automatizada, nossa média de utilização de muda é de 16 toneladas por hectare, com a plantadora automatizada, caiu para 12. O que também chamou a atenção foi a uniformidade do plantio. Excelente, pois contribui para a nossa meta de plantio sem falhas e, assim, alcançarmos um canavial altamente produtivo”, diz Lopes. Para a safra 2017/18 a Biosev projeta moagem entre 31,5 e 33,5 milhões de toneladas de cana de açúcar, ATR Cana entre 129 kg/ton e 131 kg/ton.

A Biosev segue uma tendência em alta no setor: plantio mecânico automatizado de cana. Auro Pardinho, gerente de Marketing da DMB Máquinas e Implementos Agrícolas, de Sertãozinho, SP, conta que cresce a procura pela Plantadora de Cana Picada PCP 6000 Automatizada DMB, líder do mercado. Muitas dessas plantadoras já estão trabalhando no setor canavieiro nacional e distribuídas em vários clientes de diferentes estados. “Levando em conta que foi uma máquina lançada em 2014, num período em que o setor estava bem devagar, a quantidade de plantadoras que já estão no mercado é bastante expressiva”, diz Pardinho. O setor mais capitalizado e benefícios que atendem exigências do setor, como o plantio com menor consumo de mudas por área plantada e menor influência da ação humana no resultado final do plantio, projetam um cenário de vendas crescente para a Plantadora de Cana Picada PCP 6000 Automatizada DMB.

Veja mais informações na revista Digital CanaOnline. No site www.canaonline.com.br você pode visualizar as edições da revista ou baixar grátis o pdf.
Mas se quiser ver a edição com muito mais interatividade ou tê-la à disposição no celular, baixe GRÁTIS o aplicativo CanaOnline para tablets e smartphones - Android ou IOS.


Fonte: CanaOnline
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •