Retrofit de iluminação oferece ao setor sucroenergético eficiência energética e operacionalvoltar

Publicado em : 03/12/2018
Retrofit de iluminação oferece ao setor sucroenergético eficiência energética e operacional

A época de entressafra nas usinas é ideal para a substituição dos equipamentos

Retrofit é um termo utilizado, principalmente em engenharia, para designar o processo de modernização de algum equipamento já considerado ultrapassado ou fora de Norma. Por exemplo, modificar sistemas de refrigeração que ainda se utilizam de gás Freon 12, cuja fabricação foi proibida visto que agride a camada de ozônio.

Aplicado a sistemas de iluminação, o retrofit é recomendado, principalmente, quando seu conjunto (luminária + reator + lâmpada) está obsoleto, acarretando custos elevados de manutenção e consumo de energia elétrica, além de baixa vida útil dos seus componentes.

Paulo Parreira Galli, Supervisor do Detec (Departamento Técnico Comercial), do Grupo Mater, do qual faz parte a Elétrica PJ, especializada em fornecimento de material elétrico, explica que a substituição das lâmpadas convencionais (fluorescente, eletrônica, mista, vapor de sódio, vapor metálico, etc.) por iluminação utilizando tecnologia LED (Light EmittingDiode – ou Diodo Emissor de Luz), oferece redução no consumo de energia elétrica, baixíssimo gasto com manutenção energia, redução de hora homem de manutenção, além de proporcionar uma melhor eficiência luminosa (lm / W) ao sistema de iluminação local.

A Elétrica PJ oferece, gratuitamente, aos seus clientes com contrato de fornecimento de material elétrico, estudo luminotécnico e de viabilidade econômica, para a elaboração de um retrofit ideal ao local iluminado. “Os profissionais do DETEC visitam as usinas, ou fazendas, para levantamento de campo e indicação da melhor solução em sistema de iluminação utilizando tecnologia LED”, diz Paulo Galli.

Em alguns casos, o custo de manutenção é tão alto que a melhor alternativa é investir em uma tecnologia de longa vida. O LED se torna uma solução interessante com o retorno de investimento em curto prazo. Lâmpadas que usam a tecnologia geram economia de energia de até 85%, em comparação com os modelos convencionais. E a durabilidade chega a ser 25 vezes maior.

No entanto, é necessário ter cautela, o fato de ser LED não garante que é um bom material, pois existem muitos produtos no mercado e nem todos atendem aos quesitos básicos de nível de luminosidade, qualidade e durabilidade. “Daí a importância de adquirir os materiais elétricos em empresas de credibilidade e especialistas na área, como é o caso da Elétrica PJ”, salienta Galli. “Também dispomos de uma equipe técnica altamente especializada, focada a oferecer ao setor sucroenergético soluções na área de iluminação que possibilitam eficiência energética e operacional.”

Para mais informações acesse: http://eletricapj.com.br/eletricapj/mercado-sucroenergetico/


Fonte: CanaOnline
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •