Reunião do Consema traz palestras sobre etanol de milho e eucalipto

Reunião do Consema traz palestras sobre etanol de milho e eucalipto

As palestras apresentadas aos conselheiros mostra como o etanol de milho e o plantio de eucalipto pode trazer desenvolvimento econômico, social e sustentável para Mato Grosso

Por  Redação CenárioMT

A 2ª reunião ordinária de 2019 do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema), realizada na quarta-feira (27.02), teve duas palestras com foco no desenvolvimento econômico e sustentável do Estado. Ricardo Tomczyk, CEO na União Nacional do Etanol de Milho, explicou como a cadeia do etanol de milho pode trazer geração de renda e emprego para Mato Grosso. Já o engenheiro agrônomo e pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Maruel Behling, apresentou aos conselheiros o tema “Eucalipto felizmente existe”.

A secretária de estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, que presidiu a reunião, agradeceu a presença dos conselheiros e palestrantes. “Estas palestras já estavam sendo solicitadas pelos nossos conselheiros há muito tempo e agora tivemos a oportunidade de apresentá-las nesta reunião. O Consema está com as portas abertas para esses debates, que contribuem para o desenvolvimento econômico, sustentável e social do estado”.

Em sua palestra, Ricardo Tomczyk destacou que Mato Grosso tem uma grande concentração de investimento devido ao potencial como exportador de milho. “É uma forma de gerar emprego e renda, trazer desenvolvimento para o interior do estado, agregar valor ao produto e trazer melhorias na matriz energética estadual e nacional”, afirmou.

Maruel Behling mostrou aos conselheiros o impacto econômico causado pelo plantio de eucalipto e como ele atua no meio ambiente, agronegócio, alimentação e setor energético, além de abordar a diferença entre as espécies nativa e exótica. “Eucalipto é uma máquina de reverter energia solar concentrada e contribui para manter o equilíbrio. A Embrapa vem investindo cada vez mais em pesquisa sobre este plantio”.

Durante a reunião na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) foi discutida a Licença Prévia e Instalação de uma Fábrica de Etanol de Milho no município de Nova Mutum. As deliberações e resoluções da reunião serão publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE).

A próxima reunião ordinária do Consema está agendada para o dia 27 de março. Os encontros são abertos ao público e a população pode acompanhar as datas e pautas no site da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) no link: https://goo.gl/dGfszL

Sobre o Conselho

O Consema é um órgão colegiado integrante do Sistema Estadual do Meio Ambiente, conforme previsto no artigo 267 da Constituição do Estado de Mato Grosso. Para o biênio 2016/18, o pleno é composto por representantes das secretarias de Meio Ambiente (Sema), Saúde (SES), Agricultura Familiar (Seaf), Desenvolvimento Econômico (Sedec), Infraestrutura (Sinfra), Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Procuradoria Geral do Estado (PGE), Ministério Público do Estado (MPE).

Da sociedade civil organizada, têm voto no Consema a Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Federação da Agricultura e Pecuária (Famato), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio), Federação dos Trabalhadores da Agricultura (Fetagri), Federação dos Pescadores (Fepesc), Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea-MT) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

As entidades ambientalistas não governamentais estão representadas no conselho por: Instituto Centro Vida (ICV), Instituto Floresta de Pesquisa e Desenvolvimento Sustentável (IFPDS), Operação Amazônia Nativa (Opan), Instituto Caracol, Instituto Ouro Verde, Instituto Ecológico e Sociocultural Bacia da Platina, Instituto Socioambiental, Conselho Indigenista Missionária (Cimi), Federação de Órgãos para Assistência social e Educacional.