São Paulo tem recorde de suficiência energética; cana corresponde a 36% da matriz estadualvoltar

Publicado em : 29/11/2018
São Paulo tem recorde de suficiência energética; cana corresponde a 36% da matriz estadual

A produção de energia no Estado de São Paulo vem gradativamente subindo, o que reduz a dependência do maior parque fabril da América Latina de insumos geradores de energia de outras regiões do País.

Segundo o Balanço Energético do Estado de São Paulo 2018, referente ao ano passado e publicado pela Secretaria de Energia e Mineração, a dependência de insumos externos caiu para 40,7% em 2017, ante 41,4% no ano anterior. Em 2011, a dependência foi de 50,9%.

Ainda de acordo com o documento, a participação das energias renováveis na oferta total de energia foi de 59,5%. “No último ano, houve um acréscimo devido, principalmente ao aumento da quantidade de cana-de-açúcar processada no estado de São Paulo”, aponta.

Conforme o balanço, a participação dos derivados de cana – incluindo etanol – na oferta destinada ao estado representou 36,1%, enquanto fontes hidráulicas somaram 17,2%. Outras energias renováveis ocuparam 6,2%, totalizando 59,5%.

Energia limpa

São Paulo consumiu 27% de toda a energia utilizada no Brasil no ano passado. Mas a participação do estado no consumo nacional de derivados de petróleo foi menor que esse índice, ficando em 21,6%.

Nos últimos 10 anos, São Paulo registrou uma queda significativa no uso de energias mais poluentes. O carvão teve a maior redução, de 99%. Já o óleo combustível apresentou uma queda de 60% no período.

 


Fonte: Agência Estado
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •