Sindicatos e empresas do setor sucroenergético debatem reforma trabalhistavoltar

Publicado em : 07/12/2017
Sindicatos e empresas do setor sucroenergético debatem reforma trabalhista
Auditório lotado para mais um evento reunindo representantes dos produtores e trabalhadores da cana

Pela quinta vez em menos de seis meses, empresas associadas à União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) e aos sindicatos das Indústrias de Fabricação de Álcool e Açúcar no Estado de São Paulo (SIFAESP/ SIAESP) estiveram reunidos no interior de São Paulo (SP) para discutir temas importantes relacionados à Reforma Trabalhista, recém-aprovada pelo Governo.

Participaram do 24º Encontro Estadual de Relações Trabalhistas da Agroindústria Sucroenergética, realizado nesta terça-feira (05/11), no Centro Empresarial Conceição, em Campinas (SP), cerca de 100 profissionais de 130 usinas do Centro-Sul do País. O evento foi coordenado pela consultora de Assuntos Trabalhistas da UNICA, Elimara Aparecida Assad Sallum.

Na abertura do encontro, promovido desde 2003, o presidente da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação do Estado de São Paulo (Fetiasp) Antonio Vitor, falou sobre a Reforma na visão da classe trabalhadora.

A apresentação foi seguida de debates sobre temas estratégicos da relação Capital/Trabalho durante quase duas horas e meia.

“Pude expor, de maneira muito clara e transparente, a minha opinião sobre como devemos aumentar ainda mais a nossa parceria com os sindicatos e empresas na busca do bem comum. Não somos adversários, mas sim o elo de uma cadeia produtiva em que um precisa do outro”, afirma.

“A participação de Antonio Vitor e de tantos representantes do segmento sucroenergético enriqueceu as discussões e proporcionou uma troca de experiências que certamente contribuirão para o aperfeiçoamento contínuo das relações Capital/Trabalho, além de marcarem o inicio da mudança do processo de negociação no setor, tendo como contexto a Reforma Trabalhista ”, avalia a consultora da UNICA.
Na sequência, o advogado e presidente da Associação Brasileira de Economia e Direito (ABDE), Luciano Benetti Timm, com reconhecida experiência nas principais câmaras arbitrais brasileiras e internacionais, palestrou sobre o tema, tendo como contexto o direito brasileiro no âmbito trabalhista. “É certo que todos estão preparados para uma reflexão sobre a questão após essa brilhante exposição do Luciano Timm”, comenta Elimara Sallum.

Representando os produtores de cana, profissionais das companhias Raízen (Antonio Aparecido Garcia), Tereos (Alberto Belomi Camacho), São Martinho (Carlos Henrique Venturini), Odebrecht (Karina Fonseca), Biosev (Cláudia Valéria Benatto) e Bunge (Clausner Donizeti Duz) explicaram como as empresas estão implantando a Reforma e o contato com os sindicais profissionais.

Na sequência, após relatos de outras empresas com relação ao tema, realizou-se mais uma sessão de debates.

Após um dia inteiro de apresentações e reflexões, o 24º Encontro Estadual de Relações Trabalhistas da Agroindústria Sucroenergética foi encerrado por Elimara Sallum, que fez uma apresentação intitulada “A Reforma Trabalhista e a Importância do Debate para o Aperfeiçoamento das Negociações Coletivas no Setor ”, e parabenizou a todos os palestrantes e as empresas pelo excelente resultado do evento.

“Cumprimento as empresas pelos avanços conquistados. O resultado desse trabalho nos dá a certeza de que é possível aperfeiçoar as relações de trabalho”, avalia a representante da UNICA.

 


Fonte: Unica
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •