Biosev prioriza etanol em usinas do Centro-Sul

Biosev prioriza etanol em usinas do Centro-Sul
Dorothea Soule, Diretora Comercial e de Logística da Biosev

Demanda firme, preços melhores e flexibilidade operacional favorecem a mudança no mix de produção

A Biosev S.A. (B3:BSEV3), segunda maior processadora de cana-de-açúcar do mundo, está maximizando a produção de etanol em suas unidades do Centro-Sul. A mudança no mix de produção busca gerar mais valor para a companhia em um cenário de demanda firme e preços melhores para o biocombustível.

 A flexibilidade da Biosev na conversão de suas unidades, tanto para a produção de etanol quanto de açúcar, permite que a companhia acompanhe rapidamente as variações do mercado e ajuste a sua operação para aumentar a rentabilidade com o prêmio maior pago pelo produto final. Em uma safra cheia, a produção de etanol da Biosev poder variar entre 42% e 53% no mix de produção total.

 Dorothea Soule, Diretora Comercial e de Logística da Biosev, explica que a melhoria da competitividade do álcool hidratado sobre a gasolina também contribuiu para priorizar a produção de etanol. “Com o aumento do PIS/Cofins sobre os combustíveis abriu-se espaço para a revisão do mix. Se a tendência do mercado se mantiver até o final do ano faz muito sentido manter a maior produção de etanol, o que poderia reduzir os estoques de açúcar em até 2 milhões de toneladas”.

Sobre a Biosev

A Biosev é a segunda maior processadora de cana-de-açúcar do mundo, com 11 unidades em operação, estrategicamente organizadas em cinco polos agroindustriais: Ribeirão Preto, Mato Grosso do Sul, Nordeste, Leme e Lagoa da Prata. A companhia, que é controlada pela Louis Dreyfus Group, iniciou sua atuação no setor de açúcar e etanol em 2000 com a aquisição de sua primeira unidade no Brasil. Atualmente tem capacidade de processamento de 36,4 milhões de toneladas/ano de cana-de-açúcar e 1.346 GWh/ano de energia elétrica renovável excedente, gerada a partir da utilização do bagaço de cana-de-açúcar e outras biomassas. Para armazenagem e movimentação de açúcar, a empresa possui uma joint venture no TEAG - Terminal de Exportação de Açúcar do Guarujá Ltda. Em 2013, a empresa ingressou no Novo Mercado da B3, segmento que adota os mais altos padrões de governança corporativa. www.biosev.com

 

Fonte: Assessoria

  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • CAPTCHA Image
    Refresh Image